Estrutura Curricular Estrutura Curricular

 

DISCIPLINAS

Carga Horária

 

 

01. FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA (ERG900) - obrigatória

45

02. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS E CIENTÍFICO EM ERGONOMIA (ERG901) - obrigatória

45

03. TÓPICOS EM ANTROPOMETRIA (ERG904)

45

04. BIOMECÂNICA OCUPACIONAL (ERG905)

45

05. ERGONOMIA COGNITIVA (ERG911)

45

06. ERGONOMIA E INTERAÇÃO HUMANO-COMPUTADOR (ERG913)

45

07. TÓPICOS EM ERGONOMIA (ERG914)

45

08. ERGONOMIA E PROJETO DE INTERFACES     DIGITAIS (ERG907)

45

09. ERGONOMIA E ACESSIBILIDADE INTEGRAL (ERG909)

45

10. ERGONOMIA E AMBIENTES FÍSICOS (ERG910)

45

11. ERGONOMIA INFORMACIONAL (ERG912)

45

12. ERGONOMIA DO PRODUTO (ERGO902)

45

13. ERGONOMIA E USABILIDADE DE PRODUTOS, SISTEMAS E PRODUÇÃO (ERG903)

45

14. ERGONOMIA NO DESIGN DE SISTEMAS COMPLEXOS (ERG906)

45

15. ERGONOMIA E SERVIÇOS (ERG908)

45

 

As disciplinas obrigatórias fundamentam as duas linhas de pesquisa do PPErgo da área de concentração “Ergonomia e Usabilidade de Produtos, Sistemas e Produção”:

 

FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA (ERG900) - Apresentação dos aspectos históricos, conceitos básicos e etapas que estruturam a ergonomia da atividade; métodos para análise ergonômica do trabalho; noções de intervenção ergonômica do trabalho. Abordagem das áreas da ergonomia física, cognitiva e organizacional e as relações do trabalhador e do trabalho executado. Aplicação das ferramentas de avaliação ergonômica que permitam criar indicadores para serem integrados no sistema de gestão de ergonomia, com o objetivo de instrumentalizar os gestores de como fazer a prevenção e a promoção da saúde e da segurança do trabalhador.

PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS E CIENTÍFICO EM ERGONOMIA (ERG901) - Introdução à metodologia da pesquisa no universo da ergonomia: princípios e métodos de pesquisa acadêmica e científica; apresentação e discussão sobre revisão da literatura; contextualização da pesquisa; construção lógica do trabalho científico; apresentação e discussão sobre projetos de pesquisa.

 

O grupo de disciplinas  optativas (3-7) contemplam as duas Linhas de Pesquisa [1] Ergonomia e usabilidade do ambiente construído e de sistemas e [2] Ergonomia e usabilidade do produto e produção: 

 

TÓPICOS EM ANTROPOMETRIA (ERG904) - Estudo da antropometria enquanto auxiliar das intervenções ergonômicas e pré-requisito para usabilidade. Análise dos princípios e métodos da antropometria estática e dinâmica. Estudo das diferenças individuais, das deficiências físicas e das variações corporais progressivas. Aplicação dos princípios e métodos da antropometria no projeto de máquinas, ferramentas,  postos de trabalho e produtos de consumo.

BIOMECÂNICA OCUPACIONAL (ERG905) - Análise dos princípios básicos, pressupostos e aplicações da biomecânica ocupacional. Estudo do uso da biomecânica na relação do trabalhador e do trabalho executado. Análise e avaliação das posturas e do gestual do trabalhador no posto de trabalho com atenção especial às técnicas de levantamento e manuseio de carga. Identificação dos fatores de riscos biomecânicos para o surgimento dos Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT). Análise e aplicação dos métodos e técnicas de registro e avaliação biomecânica no processo do trabalho criando indicadores para a prevenção e promoção da saúde e segurança do trabalhador. 

ERGONOMIA COGNITIVA (ERG911) - Conceituação de atividade mental. Condicionantes e determinantes do funcionamento cognitivo. Estudo das diferentes formas de conhecimento e imagem mental. Representação e compreensão do raciocínio dedutivo, indutivo e diante de situações. Elaboração de decisão de ações. Regulação e controle das atividades e modelagem cognitiva. 

ERGONOMIA E INTERAÇÃO HUMANO-COMPUTADOR (ERG913) - Estudo do IHC, envolvendo o design dos sistemas computacionais interativos para uso humano e seus fenômenos. Conceituação e aplicação do design de interfaces e as interações entre qualidade, ergonomia informacional e cognitiva, usuários e sistemas.

TÓPICOS EM ERGONOMIA (ERG914) - Disciplina de conteúdo variável que objetiva a discussão de tópicos avançados em Ergonomia e da produção científica de pesquisadores vinculados ou não ao Programa de Pós-graduação em Ergonomia.

 

O grupo de Disciplinas optativas (8-11)  contemplam a Linha de Pesquisa [1] Ergonomia e usabilidade do ambiente construído e de sistemas: 

 

ERGONOMIA E PROJETO DE INTERFACES DIGITAIS (ERG907) - Caracterização de Artefatos Digitais. O relacionamento entre Ergonomia e artefatos digitais. Estudo da usabilidade, acessibilidade de interfaces e experiência do usuário. Metodologia de avaliação e concepção de interfaces digitais interativas. Design centrado no usuário e design de interação. Técnicas de geração e seleção de alternativas de prototipagem de baixa, média e alta fidelidade.

ERGONOMIA E ACESSIBILIDADE INTEGRAL (ERG909) - Conceituação e análise do papel da ergonomia como ferramenta no desenvolvimento de estratégias de acessibilidade e de segurança no ambiente construído, em artefatos e tecnologias assistivas, em sistemas de informação, na produção e no trabalho, considerando os princípios do design universal e o foco nas necessidades, habilidades e condições físicas, cognitivas e sensoriais dos usuários. 

ERGONOMIA E AMBIENTES FÍSICOS (ERG910) - Estudo da Ergonomia aplicada ao ambiente construído, a partir do entendimento e da aplicação da visão sistêmica da ergonomia sobre o espaço de trabalho e das atividades. Aplicação de metodologias e ferramentas à concepção e avaliação de ambientes, focando os diversos componentes do sistema. 

ERGONOMIA INFORMACIONAL (ERG912) - Entendimento a respeito dos aspectos cognitivos e o processamento de informações, considerando os elementos constituintes da comunicação humana. Definições sobre requisitos ergonômicos, o planejamento gráfico e a usabilidade de interfaces que envolvam a interação com informações. Descrição de aspectos inerentes à percepção, ao repertório, à legibilidade, à compreensibilidade e aos modelos de comunicação-processamento humano de informações. Parâmetros para o projeto de sistemas de sinalização e a relação usuário-avisos e advertências e as influências quanto às questões culturais e comportamentais.

 

O grupo das Disciplinas optativas (12-15) contemplam a Linha de Pesquisa [2] Ergonomia e usabilidade do produto e produção:

 

ERGONOMIA DO PRODUTO (ERGO902) - Estudo do ciclo de vida do produto e de metodologia projetual.  Análise de aspectos fisiológicos, biomecânicos e antropométricos na avaliação e uso dos produtos de consumo. Estudo de projeto dos instrumentos e ferramentas manuais e dos assentos como ferramentas de trabalho. Conceituação e identificação de métodos e técnicas da ergonomia do produto.

ERGONOMIA E USABILIDADE DE PRODUTOS, SISTEMAS E PRODUÇÃO (ERG903) - Conceituação e identificação dos métodos e técnicas da usabilidade de produtos, sistemas e produção. Análise dos princípios e modelos de usabilidade, e as suas aplicações em produtos, sistemas e produção. Definição dos processos da engenharia de usabilidade. Análise dos métodos para a avaliação de usabilidade. Análise dos parâmetros para o projeto de interfaces para atender às necessidades dos usuários.

ERGONOMIA NO DESIGN DE SISTEMAS COMPLEXOS (ERG906) - Compreensão dos componentes de um sistema sócio-técnico complexo. Análise da necessidade de interação e integração dos componentes de um sistema sócio-técnico complexo. Estudo do papel da ergonomia no design de sistemas sócio-técnicos complexos.

ERGONOMIA E SERVIÇOS (ERG908) - Conceituação e identificação dos métodos e técnicas da ergonomia aplicados ao Design de Serviços. Investigação  dos princípios da macroergonomia, da organização do trabalho e da ergonomia organizacional. Estudo dos custos humanos no ambiente de trabalho, da movimentação manual de materiais, do trabalho de pé e sentado, dos princípios ergonômicos do design da produção, dos aspectos ergonômicos do design de processos  e da análise da interação com dispositivos físicos e digitais. Estudo dos métodos e ferramentas para a gestão participativa. Conceito, contexto, métodos, técnicas e aplicações do ergodesign participativo, do design thinking e da experiência do usuário à ergonomia no contexto de serviços.

Logo, a proposta curricular composta pelas 15 disciplinas contribui diretamente para o alcance dos objetivos do PPErgo, e indiretamente, para a melhoria da eficácia e da eficiência das organizações públicas e privadas, além da proposição de novas soluções com base no conhecimento gerado pela pesquisa aplicada.

 

Horário

Finais de semana, a cada quinzena, com carga horária de 15 horas, sendo
as aulas ministradas às sextas-feiras, das 14 as 21h e, aos sábados, das 9 as 17h.